DEPOIMENTOS

Eu sou o Matheus.
Hoje eu tenho 2 anos e 8 meses.
Meus pais me colocaram na Escolinha quando eu tinha 5 meses, foi no dia 26/05/2003 e eu era um bebezinho muito dengoso, bravo e chorão, só queria colinho. Neste primeiro mês fiquei só meio turno, mas depois que me adaptei bem, passei a frequentar a Escola em turno integral. A Escola chamava-se Planeta Criança e a minha primeira professora foi a tia Nara. Depois vieram me cuidar as queridas tias Rose e Cleide.
Em setembro de 2003 tive o privilégio de conhecer as professoras Elza e Enir. Elas começaram, então, junto com meus pais, a me educar, pois eu já estava deixando de ser bebê.
Minhas primeiras coleguinhas foram a Celine e a Mariana. Nossa! O que nós já aprontamos juntos!
Em outubro ou novembro de 2003, recebi com meus bracinhos abertos  o Mundo do ABC. A partir daí a Escola trocou de Diretora, ficou mais organizada, mais criativa, completa e alegre.
Que sorte, a prof. Elza continuou comigo, me ensinou tantas coisas boas também durante todo o ano de 2004 e com certeza, me amou muito.
A minha Escola, o Mundo do ABC, dá aos meus pais muita tranquilidade e segurança. Eles vão trabalhar tranquilos e confiam que eu estou em boas mãos.
Eu sou uma criança extremamente feliz, sou muito inteligente, comunicativo e afetuoso.
Uma escola não se faz apenas com salas, bibliotecas, brinquedos, e sim com pessoas, pessoas comprometidas com uma educação transformadora, que nos trazem esperança de que podemos ter um mundo melhor!

O Mundo do ABC recebeu o Henrique de braços abertos apesar das peculiaridades que envolvem o desenvolvimento dele. Existe, sobretudo, o respeito às individualidades, tão escasso no mundo de hoje.
Parabéns a vocês.
Laura S. da C., mãe de Henrique

Nesta casa de cores fortes, luminosa, arejada, vimos um lugar preocupado em configurar espaços adequados às atividades, disposto a prestar um atendimento personalizado, interessado em conhecer e respeitar seu novo aluno, seus hábitos e gostos. Um local de construção e exercício do convívio social, da liberdade, da criatividade, promovendo a integração das crianças e suas famílias.
Faz dez meses e o tempo mostrou que acertamos em cheio na escolha. Percebemos o quanto ela adora este lugar e o quanto ela se sente bem aqui. Isso nos deixa profundamente tranqüilos.
O Mundo do ABC é tudo isso!
Pura simplicidade e empatia,
muita cumplicidade e simpatia.
Imar S. e Daniela R., pais de Gabriela

Gostamos muito do carinho e atenção que a Tia Elza (e Giselda) e a Tia Rê dão para a Isabella. Também achamos muito importante as atividades didáticas e as aulinhas de música. Está tudo ótimo e a Isabella adora a Escolinha.
Parabéns, abraço.
Dilene M. P. M., mãe de Isabella

Meu filho está na escola desde o seu começo, e estamos muito satisfeitos com o projeto pedagógico da escola. Sentimos muita segurança em confiar a educação de nosso filho à escola, nos pontos em que acreditamos que a escola infantil deve fazer a diferença: socialização, qualidade da informação, afetividade e a comunicação constante com os pais, muito beneficiada pelo tamanho da escola e pela excelente qualificação de toda a equipe – da cozinheira à diretora da escola.
Luciana C. da S., mãe de Pedro

O Mundo do ABC não é apenas uma creche, é uma escola que ensina nossos filhos a pensarem. Minha filha tem uma ótima capacidade de raciocínio, que sem dúvida é seu cotidiano que o desenvolve.
É tratada com carinho; me sinto muito tranqüila quando a deixo sob a responsabilidade da equipe do Mundo do ABC.
Se observada a alegria das crianças ao chegarem na escola, é dispensado qualquer depoimento.

Sonia B., mãe de Celine

O melhor é poder compartilhar de datas comemorativas (a exemplo do dia das mães, dia dos pais); acompanhar a expectativa deles a cada festa – especialmente os aniversários e as novidades, como: aula de culinária, unidades especiais e as brincadeiras.
Os dois adoram brincar no pátio, as aulas de música e gostam muito das “profs”. Percebemos um carinho muito grande por todos e curtimos juntos a atmosfera gostosa da escola.
Odete M., mãe de Pietro e Sofhia

Na 1ª visita ao Mundo do ABC, já estava previsto que seria ali que nossa filha iria ficar, pois tivemos aquela sensação de amor, carinho, amizade, respeito, enfim, tudo que um pai e uma mãe sonham para seus filhos.
A Valentina foi matriculada em março de 2004, e desde então vem nos trazendo grandes alegrias, sendo ela uma criança muito feliz no “Mundinho” do ABC. É neste lugar encantador que ela vem se desenvolvendo, aprendendo, brincando e fazendo amigos.
Deixamos aqui o nosso depoimento, de papais que estão muito felizes com esta escolinha maravilhosa que proporciona momentos tão mágicos na VIDA da nossa filha Valentina.
Agradecemos imensamente a todos que estão ao lado dela no dia a dia, e em especial à Rejane, que sempre com muito carinho cuida da nossa bonecona!!!
Um forte abraço!
Fabrício Henrique P. e Sílvia Andréa G., pais de Valentina

Faz bem pouco tempo que nos conhecemos e que convivemos. Mas sabemos que tempo eh quantidade e que, nas relacoes interpessoais, o mais valioso eh a intensidade e nao a quantidade.
Foi justamente a intensidade do nosso primeiro contato que nos passou confianca suficiente para deixarmos nosso maior tesouro no Mundo do ABC, sob os cuidados maternais da equipe.
Sorriso largo, bracos abertos, voz tranquila e coracao sincero. Eh assim que nos te vemos Tia Re.
Que bom que o Papai do Ceu fez com que nossos caminhos se cruzassem, pois todos os dias seguimos ao trabalho muito seguros porque sabemos do carinho, amor e "bolacha maria" para o nosso Biel.
Desejamos e pedimos a Deus que de muita saude, muitos anos de vida para, com um carinho todo especial, ajudar a educar muitos Gabrieis, Isabelas, Lucas, Giovanas, Dudus, etc...
Um caloroso abraco e um doce beijo do :
Gabriel F., da Mamae e do Papai

Chegamos ao Mundo do ABC cheios de inseguranças e esperanças. Inseguros, pois não tínhamos certeza se já era o momento de nossa filha ir para a escola. Esperança de que “lá” ela iria crescer e se desenvolver num mundo infantil e cheio de afeto.
Como tudo na vida o início foi difícil... Passado este período tivemos e temos até hoje a tranqüilidade de que nossa filha está no lugar certo.
As questões pedagógicas e disciplinares são recheadas de alegria, amor, zelo e dedicação.
Os valores do Mundo do ABC ficam claros já nos primeiros dias de convívio entre professores, pais e alunos.
Só temos a agradecer a toda equipe de trabalho.
Vocês são realmente um mundo a parte.
Glaucia C. A., mãe de Maria Clara

Página 2 de 4

Mais acessadas

Fases do Desenvolvimento Infantil (0 a 6 anos)

Berçário, Pré-Maternal, Maternal I, Maternal II, Jardim A e Jardim B
Faixa etária: 0 aos 6 anos

"A trajetória que uma criança percorre desde que começa a deixar de ser bebê (dependência total), até começar a se transformar em um ser mais independente e autônomo está relacionado tanto às condições biológicas, como aquelas proporcionadas pelo espaço familiar e social (escola), com o qual interage."

Saiba como substituir um alimento por outro

Seu filho não gosta de maçã? Não tem problema, há diversos alimentos que podem substituir essa fruta. A seguir, saiba como substituir certos alimentos por outros que oferecem os mesmos nutrientes. Também confira dicas para se aproveitar melhor os alimentos – em uma receita ou com algum ingrediente.

• A ABOBRINHA pode ser substituída por abóbora japonesa, berinjela, chuchu e moranga, que são fontes de minerais. Coloque-os na lasanha (foto), por exemplo.

• A BANANA pode ser substituída por abacate, mamão e morango, que ajudam a regular as taxas de colesterol. Batidas, compotas ou tortas são possibilidades.

• O BRÓCOLIS pode ser substituído por couve-flor, couve e repolho, que agem contra o câncer. Refogue e misture no arroz. Ou sirva cozido junto a molhos.

• A COUVE pode ser substituída por acelga, escarola e espinafre, aumentando as defesas do organismo. Coloque em omeletes, suflês, panquecas e massas.

• A MAÇÃ pode ser substituída por goiaba, laranja e pera, que são igualmente ricas em fibras. A dica é misturar na salada ou fazer um suco com uma fruta.

O papel do educador infantil

O educador infantil tem um papel muito importante no desenvolvimento de uma criança. Entre suas atribuições, esse profissional é responsável por propiciar experiências que ajudem a criança a desenvolver suas capacidades cognitivas (atenção, memória, raciocínio, entre outras). Trata-se de um processo longo, desenvolvido de forma contínua e dinâmica a partir dos primeiros anos de vida.

Dentro desse processo, o professor deve impor limites às crianças na escola. Ainda que a atitude de dizer “NÃO” possa ser prejudicial ao desenvolvimento da criança, em determinadas situações é essencial que os educadores tenham o compromisso ético de combater, por exemplo, possíveis apelidos pejorativos colocados entre os alunos. Ao impor limites, evita-se expor a criança a alguma situação embaraçosa. Aliás, tema atual que deve ser debatido em sala de aula.

Outro ponto ao qual o professor deve estar atento está ligado às preferências. É essencial que o tratamento a todos os alunos seja igual. Elogios a um aluno e comparações entre um e outro podem fazer uma criança se sentir rejeitada. Portanto, todos os alunos devem receber o mesmo tratamento, sem exceções.

O educador infantil é o personagem que, além dos pais, será um espelho para a criança. Assim, uma boa educação infantil tem o papel de formar a criança e transformá-la no futuro em um homem ou uma mulher que faça a diferença na sociedade. Tudo isso começa pela sala de aula da escola de educação infantil.

Últimas do Blog

Meu filho tem medo do escuro! E agora?

Na hora de dormir, você apaga a luz do quarto e seu filho começa a chorar? Antes de tudo, calma! O medo de escuro é algo comum na infância e surge geralmente a partir dos 3 anos de idade, desaparecendo por volta dos 7. O principal motivo é a imaginação fértil e aflorada da criança, que é muito estimulada por histórias, contos, desenhos e até notícias. E isso muitas vezes a impossibilita de diferenciar a realidade da fantasia.

7 itens importantes na escolha da creche

A tarefa é das mais importantes: escolher em qual creche colocar o filho. Para ajudar na procura, avaliação e definição, relacionamos algumas dicas para orientar mães e pais aflitos pela mudança na vida do filho, pois o pensamento é de que tudo seja perfeito. Portanto, anote:

Facebook

Somos 5 Estrelas

 

Conheça a Escola Mundo do ABC

Umas das Poucas Escolas de Porto Alegre
Certificada pelo Conselho Municipal de Educação

(51) 3381-8201

Av. Iguaçu, 321 - Petrópolis

mundodoabc@mundodoabc.com.br